Wilson Vieira declara R$6,7 milhões em bens para TSE

Apesar de ser o candidato com maior poder aquisitivo, Wilson Vieira será o que menos irá gastar durante a campanha, cerca de R$ 1 milhão

De: "Exclusivo" Cidade Santa Luzia Eleições

O ex-prefeito de Santa Luzia, Wilson Vieira (PSC), declarou mais de R$ 6 milhões em bens, cerca de R$ 3 milhões a mais do que os declarados na campanha de 2008. Neste período, Wilson não adquiriu nenhum grande bem de destaque. Os rendimentos do patrimônio ficaram por conta das valorização dos imóveis na Avenida Brasília. O ex-prefeito, inclusive, não se desfez da sua Kombi ano 1983, avaliado em R$ 2.000,00, também declarado em sua anterior candidatura. Os dados foram divulgados, hoje, pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O patrimônio dos outros candidatos, Calixto (PSB), Dr. Gilberto (PSD) e Cristina Côrrea (PT) ficam entre R$ 1,1 milhão e R$ 180 mil. Aguinaldo Campos apenas declarou R$ 75 mil.

O atual prefeito, Dr. Gilberto será o que mais irá gastar durante a campanha. Os gastos estão estimados em R$ 6 milhões, valor proxímo a soma (R$ 7,5 milhões) do valor destinado para a campanha dos outros quatro candidatos à prefeito da cidade. Aguinaldo Campos pretende gastar até R$ 3 milhões. O terceiro candidado à prefeito de Santa Luzia que mais irá gastar é Cristina Côrrea, cerca de R$ 2 milhões, seguido de Calixto, com R$ 1,5 milhões para serem investidos. Wilson Vieira apesar de ter o maior patrimônio tem R$ 1 milhão estimado para gasto, valor menor que três candidatos a vereador.

Câmara disputada

A disputa por uma das 17 cadeiras na Câmara de Santa Luzia também promete ser acirrada. Ao todo, são 394 candidatos, o que correspode à pouco mais de 23 por vaga. Para garantir a reeleição, os  vereadores que buscam mais quatro anos de mandato pretendem investir, pelo menos, R$ 60 mil. Este foi o valor declarado por quatro parlamentares. A média, porém, fica em torno dos R$ 570 mil. Três candidatos devem gastar, pelo menos, R$ 1 milhão. Os campeões na previsão de gastos são os vereadores Lacy Dias (PSL) com 1,6 milhão, José Neri (PPS), Raimundinho (PSDC) e Luiza do Hospital (PTB), ambos com R$ 200 mil.

No que diz respeito ao patrimônio dos atuais vereadores da cidade, somente dois possuem mais de meio milhão de reais: Vagner Guiné (PSD) e Ticaca (PTN). Segundo informou o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG), os registros de candidaturas ainda estão sob julgamento. Alguns documentos ainda deverão ser apresentados até o registro final da candidatura, podendo haver alterações nos valores divulgados neste domingo. Entre os vereadores, por exemplo, Ilacir Bicalho (PTB) não declarou seus patrimônios.

*Atualizado ás 22:25 de 10 de julho de 2012.


Tecnologia do Blogger.