Manifestantes fecham a Avenida Beira Rio em protesto contra morte de motociclista em Santa Luzia

Manifestantes fecham a Avenida Beira Rio em protesto contra morte de motociclista em Santa Luzia
Os manifestantes protestam contra a morte do motociclista Peterson Guimarães Soares, de 19 anos, que aconteceu na quinta-feira (14), quando o jovem se envolveu em um acidente com uma Sprinter, placa HVH-2905.
De: Hoje em Dia Cidades

Cerca de 200 pessoas se reuniram na tarde desta sexta-feira (15) às margens da Avenida Beira Rio, em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). Os manifestantes protestam contra a morte do motociclista Peterson Guimarães Soares, de 19 anos, que aconteceu na quinta-feira (14), quando o jovem se envolveu em um acidente com uma Sprinter, placa HVH-2905.

De acordo com os militares do 35º Batalhão da Polícia Militar (BPM), o movimento acontece em frente à Faculdade Santa Luzia (Facsal), onde os manifestantes fecharam a pista nos dois sentidos. Ainda segundo os militares, as pessoas exigem providências das autoridades em relação à insegurança na via e a falta de punição para motoristas infratores e prometem liberar a via somente quando a imprensa chegar ao local.

Peterson foi enterrado às 14 horas desta sexta-feira no Cemitério Municipal de Santa Luzia. Após o sepultamento do rapaz, as pessoas que estavam no cemitério se deslocaram para a rodovia Beira Rio ao gritos de justiça. Neste momento, o trânsito está totalmente interditado e a polícia tenta negociar com os manifestantes a liberação de uma das pistas.

Segundo relatos de amigos, o motociclista teria sido fechado por um caminhão, antes de bater de frente contra a Sprinter. Com o impacto, o jovem morreu na hora.

Tecnologia do Blogger.