Passagem da Caravana Siga Bem em Santa Luzia atrai centenas de pessoas


Nos dias 10 e 11 de maio, a chegada da Caravana Siga Bem movimentou a cidade de Santa Luzia, e os caminhoneiros compareceram em peso para sentirem o prazer que é dirigir um Volvão, como alguns se referem aos caminhões da Volvo.
De: Exclusivo Cidade Santa Luzia CIDADE

Nessa segunda etapa da sétima edição da Caravana Siga Bem, a equipe irá percorrer três estados e o Distrito Federal, e visitará mais de dez municípios.

O principal objetivo da Caravana é promover ação social, cultura, entretenimento e educação, conscientizando os caminhoneiros sobre os principais problemas que existem às margens das estradas brasileiras, que são a exploração sexual de crianças e adolescentes e a violência contras as mulheres.

Nas paradas, os visitantes conferem palestras com representantes do Conselho Tutelar, da Delegacia da Mulher e da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que abordam esses temas, além de dicas de como dirigir com mais seguranças nas rodovias.

A cidade de Santa Luzia foi a segunda a ser visitada pela Caravana Siga Bem em 2013. A primeira foi Arcos. Ao todo, a equipe vai percorrer 21 estados brasileiros e 57 municípios. Serão mais de 21 mil km de estradas a serem rodadas. Na bagagem, arte, cultura, entretenimento, educação e promoção dos produtos da Petrobras e da Volvo. O foco da Caravana Siga Bem 2013 é o combate à exploração sexual de crianças e adolescentes. Pensando nisso, a equipe da própria Caravana encena a peça teatral "A Linda Rosa", que mostra a história de uma garotinha sendo explorada sexualmente por um mágico. São seis caminhões que puxam a caravana e todos eles estão disponíveis para a realização de test dives em todas as paradas.









Centenas de pessoas entre caminhoneiros e convidados prestigiaram o evento no Mega Space. As atividades incluíram o teste de conhecimentos para o concurso "Caminhoneiro do Ano" e test drives com caminhões da Volvo, além de massagens e corte de cabelo oferecidos aos visitantes.
Tecnologia do Blogger.