Santa Luzia comemora avanços na saúde durante o encerramento do Outubro Rosa

Na manhã desta quarta-feira, dia 30/10, o Centro Integrado Viva Vida e Hiperdia de Santa Luzia, promoveu o encerramento do Outubro Rosa, que durante todo o mês coloriu de rosa prédios e monumentos em diversas cidades para a conscientização da importância da mamografia para um diagnóstico precoce e tratamento ágil contra o câncer de mama.



Na manhã desta quarta-feira, dia 30/10, o Centro Integrado Viva Vida e Hiperdia de Santa Luzia, promoveu o encerramento do Outubro Rosa, que durante todo o mês coloriu de rosa prédios e monumentos em diversas cidades para a conscientização da importância da mamografia para um diagnóstico precoce e tratamento ágil contra o câncer de mama.

Durante a solenidade, que reuniu mais de 150 pessoas, o secretário Antônio Jorge de Souza Marques falou sobre o Programa Estadual de Controle do Câncer de Mama, sobre as ações desenvolvidas em Minas para alertar sobre a importância da mamografia na identificação precoce da doença. Antônio Jorge também aproveitou a oportunidade para anunciar melhorias nos serviços de saúde prestados em Santa Luzia. “Tenho a satisfação de dizer que em pouco tempo os moradores de Santa Luzia perceberão a transformação da assistência hospitalar no município. Teremos em breve aqui o SAMU. Espero que ele já possa nascer com três ambulâncias, com três equipes, atendendo corretamente à população. Também estamos finalizando uma UPA tipo III, que irá desafogar o Pronto Atendimento, que hoje é muito canalizado para a região central da cidade. Também concluímos o resgate do Centro Viva Vida integrado com o Centro Hiperdia, o que favoreceu a conquista de metas ousadas”, afirmou Antônio Jorge.

O secretário também comentou sobre as melhorias do Hospital São João de Deus. “O Hospital também sai de uma posição de faturamento muito deficitário para um contrato, no qual terá o recurso garantido, graças a um esforço dos governos federal, estadual e municipal. Serão quase R$ 1,4 milhão para custeio, possibilitando a incorporação de sete médicos presenciais, a retomada das cirurgias, o atendimento de urgência, os partos e outros serviços que são de direito da população e que precisam ser prestados com segurança refletindo na melhora da qualidade de vida”.

O prefeito de Santa Luzia, Carlos Alberto Calixto, falou sobre o movimento Outubro Rosa. Ao comemorar as melhorias e investimentos, ele anunciou que “entre as novidades, estamos reabrindo este Centro Viva Vida e Hiperdia, que vai atender à Santa Luzia e às cidades vizinhas.

A reabertura do Hospital São João de Deus vai receber R$ 3 milhões para a quitação de dívidas. Deste total, R$ 2 milhões são do Tesouro estadual e R$ 1 milhão, da Prefeitura. Além disso, haverá repasse mensal para manutenção e custeio”.

Ainda no evento, vinte madrinhas do Outubro Rosa receberam homenagens, entre elas, a chefe de Gabinete da SES/MG, Marta Sousa Lima, e a chefe de Gabinete da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, Margarete Gelmini.

Participaram ainda do encontro, o secretário executivo do consórcio Intermunicipal Aliança para a Saúde, Paulo de Tarso Machado, a diretora do Centro Viva Vida Integrado Viva Vida e Hiperdia, Marli Cruz Pinto, entre outras autoridades, prefeitos e moradores da cidade.
Tecnologia do Blogger.