Descaso com o patrimônio mata a Fonte dos Camelos

Falta de cuidado e manutenção fizeram a Fonte dos Camelos virar um grande poço de água suja. Lixo dos moradores e descaso da administração matam fonte lendária.


Fonte dos Camelos em 2015, cheia de terra, sujeira e maltratada.

Uma fonte singela, mas de grande importância histórica para Santa Luzia, jaz esquecida no bairro Camelos. Responsável por abastecer grande parte da cidade no período colonial e imperial, a Fonte dos Camelos sofre com o descaso do governo e da população. A sujeira tomou conta do monumento histórico, se tornando um grande poço de água suja e fétida.

Construída no século XIX, em formato de chafariz, a fonte era famosa por suas águas cristalinas, alcalinas e ferruginosas. Sua água era até vendida em baldes no centro da cidade e comprada por turistas por ser considerada medicinal.

Antigamente várias pessoas vinham de longe para abastecer suas residências.

"Rapaz que bebe a água da Fonte dos Camelos casa-se com moça de Santa Luzia". Além de suas qualidades realmente medicinais, a água da fonte tinha valor mágico, os que bebiam sempre voltam à cidade e os namorados eternizam seu amor, se bebessem juntos.

Em 1986, na administração do Prefeito Rui Avelar a lendária fonte, que estava abandonada, foi totalmente recuperada, ganhando os traços atuais e duas estátuas de camelos, que hoje estão destruídas.

Fonte recém restaurada em 1986.

Em 2013, uma enchente no córrego que passa nos fundos da fonte fez inundar toda a área. Até a figura do bairro, Coxita, foi fazer gracinha e nadou na enchente.

Estátuas dos camelos destruídas pelos vândalos

Para reestruturar a fonte, não basta apenas a limpeza, é urgente a construção de um sistema de drenagem e esgotamento sanitário. A conscientização da população também é necessária, para que não se jogue o lixo nas vias, pois pode ocasionar entupimentos na rede de drenagem, como aconteceu no caso da fonte.
Tecnologia do Blogger.